Contagem regressiva

Tempo restante do último período de jornalismo:




Busca

QUEM?

Everaldo Vilela tem 25 anos e cursa o 8º período de jornalismo na PUC Minas. É Atleticano... [continua...]

Na maioria das vezes, bem humorado.

Lembre-se:
Quanto maior a dor maior o alívio.

Everaldo está no Orkut.

Tem fotos no flickr e também vídeos no youtube.

Contato: blog@everaldovilela.com

Lendo

Banalogias - Francisco Bosco

Cem Anos de Solidão - Gabriel García Márquez

Ensaio sobre a cegueira - José Saramago

ARQUIVO

Últimas postagens

Hahaha! Viva a ironia!

Tianastácia ; )

Re[corte]Cultural - Vida inteligente na TV

Abre aspas, fecha aspas

E viva a subjetividade!!

To ficando louco, ou no mínimo surdo!

Jô Soares, do céu ao inferno

199 palavras que passam pela cabeça...

Será a sujeira saindo do tapete alvi-negro?

Lá no futebol...

Torcedor




101 JOGOS
49 VITÓRIAS
21 EMPATES
31 DERROTAS
Fez 185 gols e sofreu 128

Os números dos 100 jogos aqui e a lista dos confrontos aqui.

Último jogo: Galo 2 x 1 Náutico

Não deixe de ouvir

Cidadão Quem
Engenheiros do Hawaii
Os Paralamas do Sucesso
Pato Fu
Tianastácia

Não deixe de ver

Bafafa!
Blog prof. Caio Cesar
Blog do Tas
Charge OnLine
Cia Boa Notícia
Cocadaboa.Com
Comédia Stand-up
Como tudo funciona
Desencannes
Duke - chargista
Hipermeios
Le Troca
Michel Melamed
MP3tube
Música de bolso
Palavras Cruzadas
Stand-up Comedy Brasil



Clube Atlético Mineiro



Powered by Blogger



Template de Everaldo Vilela

Home • Hahaha! Viva a ironia! » • Tianastácia ; ) » • Re[corte]Cultural - Vida inteligente na TV » • Abre aspas, fecha aspas » • E viva a subjetividade!! » • To ficando louco, ou no mínimo surdo! » • Jô Soares, do céu ao inferno » • 199 palavras que passam pela cabeça... » • Será a sujeira saindo do tapete alvi-negro? » • Lá no futebol... »

Não gente! O Espírito de Natal está longe do seu real significado.
Um senhor Italiano, me disse outro dia, que as pessoas estão mais felizes nesses dias.
Talvez, a benevolência e a solidariedade se manifestem de forma mais intensa nesses dias. Por onde andou esse espírito solidário nos 357 dias do ano? Basta sermos solidários e gentis apenas uma vez no ano?
Em Brasília, uma convocação extraordinária que leva rios de dinheiro para os bolsos do bando de filhos da puta será interrompida por um recesso parlamentar. Por falar em filho da puta, Papai Noel, está longe de ser o bom velhinho: ele vêm para fazer você gastar e gastar... Uma doce ilusão...
O Natal, hoje, significa presentes, comércio. Isso talvez justifique as pessoas se espremendo entre araras e prateleiras munidas de seus cartões de crédito dissolvendo o 13º salário. O espírito de Natal não está no Show repetido do Roberto Carlos, que será reprisado (sic!).

Chegou a hora de atingir o ápice da hipocrisia. Apesar de não ir muito com a cara da pessoa, dá um presente como se nada acontecesse. Fecha-se a viseira para o resto, e cercando uma mesa farta de comes e bebes, comemora-se o Natal.

A solidariedade está a flor da pele. Nada como uma campanha para saciar a fome de quem não tem o que comer. Ótimo! Mas essas pessoas só comem no Natal? E no resto do ano? Têm o que comer? O que vestir? Tem trabalho/emprego? Tem saúde? Educação?
O dito Espírito de Natal vem para maquear uma realidade que nos recusamos a ver. Não queremos ver as pessoas que não têm o que comer durante 364 dias, olhamos para essas pessoas dia 25 de dezembro.

Abaixo a hipocrisia. Abaixo esse pseudo-espírito de Natal. A ajuda, a consideração, o carinho que dizemos ter, deve ser demonstrado nas atitudes dia após dia.
Não guarde seu verdadeiro espírito de Natal para o dia 25 de dezembro. Construa e cultive esse espírito durante o ano todo. Deixe o dia 25 de dezembro para colher os frutos desta postura.

Hipocrisia não! Pelo Amor de Deus.

A propósito estou ouvindo o CD de
Ana Carolina e Seu Jorge. Num dado momento Ana Carolina lê:

"
Só de Sacanagem

Meu coração está aos pulos!
Quantas vezes minha esperança será posta à prova?
Por quantas provas terá ela que passar?
Tudo isso que está aí no ar, malas, cuecas que voam entupidas de dinheiro, do meu dinheiro, que reservo duramente para educar os meninos mais pobres que eu, para cuidar gratuitamente da saúde deles e dos seus pais, esse dinheiro viaja na bagagem da impunidade e eu não posso mais.
Quantas vezes, meu amigo, meu rapaz, minha confiança vai ser posta à prova? Quantas vezes minha esperança vai esperar no cais?
É certo que tempos difíceis existem para aperfeiçoar o aprendiz, mas não é certo que a mentira dos maus brasileiros venha quebrar no nosso nariz.
Meu coração está no escuro, a luz é simples, regada ao conselho simples de meu pai, minha mãe, minha avó e dos justos que os precederam: “Não roubarás”, “Devolva o lápis do coleguinha”, Esse apontador não é seu, minha filhinha”.
Ao invés disso, tanta coisa nojenta e torpe tenho tido que escutar.
Até habeas corpus preventivo,
coisa da qual nunca tinha ouvido falar e sobre a qual minha pobre lógica ainda insiste: esse é o tipo de benefício que só ao culpado interessará.
Pois bem, se mexeram comigo,
com a velha e fiel fé do meu povo sofrido,
então agora eu vou sacanear:
mais honesta ainda vou ficar.
Só de sacanagem!
Dirão: “Deixa de ser boba, desde Cabral que aqui todo o mundo rouba” e eu vou dizer: Não importa, será esse o meu carnaval, vou confiar mais e outra vez. Eu, meu irmão, meu filho e meus amigos, vamos pagar limpo a quem a gente deve e receber limpo do nosso freguês.
Com o tempo a gente consegue ser livre, ético e o escambau.
Dirão: “É inútil, todo o mundo aqui é corrupto, desde o primeiro homem que veio de Portugal”.
Eu direi: Não admito, minha esperança é imortal.
Eu repito, ouviram? IMORTAL!
Sei que não dá para mudar o começo
mas, se a gente quiser,
vai dar para mudar o final!"

Texto de autoria atribuída a Elisa Lucinda

  ::: Blogger helder matias comenta:
Kóle everaldo, esse texto do natal me lembra as aulas de filosofia do Flávio é a perda da singularidade dos valores culturais, hoje é mais importante veicular os bens materiais que a data nos proporciona, do que o real signifado da mesma, que passa a ser secundário... prova disso, é só perguntar p/ uma criança o que significa o natal. ^-^

Ho Ho Ho feliz natal
23/12/05 13:27

  ::: Anonymous Tatiana comenta:
Oi Keninho, blz? Que bom vc ter visitado meu space. Eu tambem já passei por aqui, mas acabei nem comentando. Que bom que vc gostou. Das próximas vezes, deixe seu comentário lá! Abraço! Tatiana
29/12/05 16:05

Postar um comentário